José Manuel Bolieiro destaca “Pauleta” como uma das figuras que eleva a identidade de Ponta Delgada

No descerramento da placa de homenagem na casa onde viveu Pedro Miguel Resendes, o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, afirmou que “São Roque” eleva-se por ser a freguesia onde cresceu Pauleta. Ponta Delgada eleva-se, por ser o Concelho de Pedro Pauleta. Os Açores elevam-se porque Pauleta é açoriano”.

“É  minha convicção que a identidade de um povo se faz pelas suas referências. Neste sentido, São Roque, Ponta Delgada e os Açores, ficam, agora, mais ricos, com este acto de referência, a esta família e a este cidadão de mérito inquestionável”, destacou o autarca.

José Manuel Bolieiro aproveitou, também, o momento para agradecer “em nome pessoal e institucional a Pedro Pauleta pelo seu carisma voluntário e solidário, que muito nos orgulha e nos faz querer homenageá-lo. Tudo isto, porque ele merece”, acrescentou.

Durante o descerramento da placa, Pedro Miguel Resendes (Pauleta) referiu que “é uma grande honra ter a oportunidade de, em vida, ver esta homenagem a ser feita em Ponta Delgada, na minha freguesia e na casa dos meus pais”.

Já Nuno Raposo, orador convidado para esta cerimónia e amigo de Pedro Resendes, não só saudou “a Câmara Municipal por homenagear, em vida, este seu amigo”, como também destacou, na sua intervenção, as características pessoais e humanas do homenageado: “Pedro é uma força da natureza e um exemplo de bondade e humildade. Sempre pronto a ajudar aqueles que mais precisam, mas sempre de forma discreta”.

Na ocasião, Rubens Pavão leu a proposta aprovada, em 2014, pela comissão de toponímia da Autarquia, que resultou nesta homenagem do Município de Ponta Delgada a este ex-jogador profissional de futebol com 88 internacionalizações e 47 golos marcados, distinguindo-se também pelo seu elevado sentido cívico.

In ” Correio dos Acores ” 02/08/2017